Arquivos do Blog

Explosão: gastos com anúncios em social media quase dobrarão até 2013

As mídias sociais não crescem apenas no uso por consumidores e clientes e passam a chamar a atenção das empresas para além do foco de relacionamento, mas também como meio para se investir em anúncios de publicidade. Tanto que a expectativa é que o gastos com publicidade em social media quase dobrem na comparação deste ano com 2013.

Estudo da eMarketer mostrou que em 2011 os investimentos em anúncios nas redes sociais totalizem US$ 5,54 bilhões. Tal montante é 55,6% maior do que os US$ 3,56 bilhões de 2010, uma taxa de expansão para lá de relevante, certo?! Mas esse mercado continuará apresentando aumento acelerado e em 2012 e 2013 os gastos com publicidade em social media alcançarão US$ 8,04 bilhões e US$ 9,9 bilhões, respectivamente.

E o bicho papão dessa grana toda deve serão o Facebook. Somente neste ano, a rede de Mark Zuckerberg levará US$ 7 de cada US$ 10 dólares aplicados em anúncios em mídias sociais, é mole?! Mas faz sentido, já que, com seus 800 milhões de usuários, ela é a rede mais acessada do mundo, o que permite maior visibilidade para as empresas anunciantes. Twitter e LinkedIn ainda ficarão muito para trás nesta disputa.

Mas o Twitter está se movimentando para ampliar sua receita de publicidade, tanto que sinalizando seu grande comprometimento com a questão, a rede de microblog lançou recentemente o blog “twitter advertising” e a conta @TwitterAds.

Anúncios

Twitter triplicará sua receita de publicidade neste ano


Não é somente em número de usuários que o Twitter vem crescendo. A rede deve obter uma receita de publicidade de US$ 139,5 milhões neste ano, o que corresponderá a um crescimento de mais de três vezes (210%) em relação ao ano passado, quando sua receita com anúncios pagos foi de US$ 45 milhões.

A projeção é da eMarketer, que apontou ainda que essa receita de publicidade do Twitter tende a manter um aumento expressivo nos próximos anos, subindo para US$ 259,9 milhões, em 2012, e para US$ 399,5 milhões, em 2013. Claro, conforme aumenta a base, o crescimento vai desacelerando e deve ser de 86,3% em 2012 e de 53,7% em 2013.

Um dado curioso é que a parte preponderante dessa receita de publicidade do Twitter é oriunda dos Estados Unidos, que neste ano deve responder por 96% do total. Mas conforme a rede vai avançando em outros países, essa dependência vai diminuindo. Em 2012, a parte da receita de ads do Twitter atrelada aos Estados Unidos deve ficar em 90%, e depois recuar para 88% em 2013.

Atualmente, o Twitter conta com 200 milhões de usuários cadastrados, dos quais 100 milhões são considerados users ativos, que postam algo pelo menos uma vez por mês, revelou no início deste mês o CEO da empresa, Dick Costolo. Dos usuários ativos, 60% têm a prática de postar algum tipo de conteúdo no Twitter, enquanto os outros 40% apenas leem as mensagens. Costolo disse ainda que apenas 50 milhões de usuários da rede a utilizam diariamente. Na ocasião, Costolo já havia frisado que a publicidade é uma questão estratégica para a empresa.